sexta-feira, 29 de julho de 2016


Provavelmente atacados pela síndrome da seleção francesa, estes personagens pafiosos não escondem o seu azedume pelo atrevimento de quem se recusou a ser “bom aluno” e não ajoelhou perante os “donos da Europa”.

Sem comentários :

Publicar um comentário

Os seus comentários serão apreciados.