sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Luís Cunha Ribeiro, médico que chegou a presidente do INEM e mais recentemente da Administração Regional de Saúde (ARS) de Lisboa e Vale do Tejo, é um dos responsáveis de Saúde que foram detidos esta manhã pela Polícia Judiciária, sob suspeita de corrupção no caso conhecido por 'máfia do sangue'.
 

Sem comentários :

Publicar um comentário

Os seus comentários serão apreciados.