sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Quando o presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Jaime Marta Soares profere afirmações que poderão ser consideradas como críticas ao governo, tem toda a atenção dos OCS.
Quando ele fala numa “onda terrorista devidamente organizada” que provoca incêndios florestais, é ignorado e não há qualquer desenvolvimento.
Será que a sua credibilidade é seletiva ou há qualquer outra razão que desconhecemos ?.

Sem comentários :

Publicar um comentário

Os seus comentários serão apreciados.