quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Como está fora de causa ser quem cortou a devolver a massa, basta aumentar o défice e a dívida pública que o Celinho está-se borrifando para isso.
Nós os vulgares contribuintes, que sustentamos toda esta gente que vive à conta do estado, vamos continuar a aceitar isto pacificamente.
Já agora, também ficamos à espera que nos devolvam os cortes das reformas e dos subsídios. 

Sem comentários :

Publicar um comentário

Os seus comentários serão apreciados.